quarta-feira, 2 de junho de 2010

Mordida


Já passou a loucura, então tá na hora de falar um assunto que há um tempinho anda me perseguindo. Vamos a ela!
Quando trabalhei no DSM foi-me proposto o seguinte desafio: escrever uma matéria para o Mix sobre a saga de livros/filmes Crepúsculo. Eu, pra variar, estava boiando. A única coisa que sabia ao certo era que os principais personagens da história eram vampiros e que a virgindade e outros assunto românticos demais pra atualidade faziam parte da trama. Como eu tinha um texto me esperando, o jeito foi fazer um curso intensivo. Consegui, sabe-se lá Deus como, ler os três primeiros livros da série em duas noites. Confesso que rezei pra os capítulos terminassem. A trama é mal amarrada, o amor central é completamente fora da realidade, nem em martedeve existir algo assim, isso sem contar que a autora conseguiu a proeza de transformar a mais sexy das criaturas dos filmes de terror em um bando de branquelos que têm medo de morder garotas.
Eu aguentei gritos na sessão de estreia, mais um monte de conversa sincera de fã, que sempre acha argumentos para defender seus ídolos, mas nada me convenceu. Escrevi minha matéria, mas tenho uma ponta de certeza de que os leitores perceberam que eu não recomendava a tal saga.
O excesso de informação talvez tenha sido o culpado por ter saído por aí questionando o talento do elenco. Mas, dias atrás, resolvi assistir Lua Nova no aconchego do lar, sem nenhum fã histérico por perto. Não gostei, mas não posso negar o talento de Kristen Stewart. Ela conseguiu acresentar charme e até um certo sex appeal a personagem mais sem sal que a literatura e o cinema já viram. Em suas entrevistas, ela deixa claro que aceitou o papel de Bella pela grana e pela exposiçãop e que, de agora em diante, vai se dedicar a projetos mais independentes. Uau! Nada como ser sincera com elegância! Eu já tinha gostado dela em outras produções como Férias frustradas de verão(ela está ótima!!) e em The Runaways, que eu assisti sem legendas lá fora e quero ver de novo quando estrear por aqui. Em outros termos, virei fã da guria e até já me peguei discutindo com alguns Crepúsculomaníacos sobre ela. Pasmem: elas conseguiram até a proeza de me fazer achar Robert Pattinson bonito. E ele é. Mas tem muito que aprender com a namorada, principalmente no quesito talento e personalidade.

Enfim, cravei meu dentes em Crepúsculo, achei o gosto do sangue doce demais pro meu paladar. Mas da Kristen, eu gosto.

Um comentário:

Bannanass disse...

Tu vai ficar louca, mas eu vou te contar: o menino que mora comigo é praticamente um sósia do Pattinson. Apelidaram o cara de vampiro na faculdade...