sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Topless com conteúdo


E lá se foram as duas tomar sol. Tá, tava nublado. Mas como o tal banho de sol era só desculpa pra bater papo, isso pouco importava.

-Nessas horas eu queria morar na Europa. Lá todo mundo faz topless e ninguém dá bola.
-Se topless fosse permitido aqui no Brasil, ia ser um caos.
-Por quê?
-Imagina esse homaredo criado pra ficar acesso só de enxergar o que poderia ser um peito passeando na praia e vendo um monte de mulher sem a parte de cima do biquíni. Não ia prestar.
-É verdade. E o carinha?
-O lpa da festa da Marina?
-É.
-Ligou ontem.
-LIGOU? Jesus, um homem que liga.
-Pois tu veja...nem dei muita bola. Não queria que ele ligasse. É sempre assim: os que eu quero que liguem, nunca ligam.
-Acontece nas melhores mulheres, miga.
-A criatura deu risada quando eu disse que gostava de Saramago. Sem contar que me convidou pra ouvir Julio Iglesias. Cara, Julio Iglesias nem com a melhor pegada do mundo.
-Julio Iglesias é pra broxar até diante do Brad Pitt.
-Ele teria sido mais romântico me convidando pra ver Bravura Indômita.
-É com o Keanu Reeves.
-Não, é com o John Wayne.
-Ah tá.

Silêncio.

-Vamos mudar de assunto. Falar de homem cansa. Pelo menos desse homens.
-Vamos. Que tal os Irmãos Coen?
-Isso! Homens diretores. Tái um bom assunto.
-Sorte da Frances McDormand.
-Aham.

E as nuvens passam. O sol resoveu dar uma escutadinha nesse papo.

2 comentários:

Tati Py disse...

É uma merda! O homem que tu não que sempre liga, escreve e-mail, manda flores...
O pior é que nem se declamasse Neruda a gente queria.

Murphy, né?

JAMES PIZARRO disse...

Quando o Pequeno Príncipe informou à raposa que naquele planeta não tinha galinhas, desolada ela disse :
- Nada é perfeito nesse mundo...

Bjos

JP