domingo, 9 de novembro de 2008

Strip-tease



Vai ter que ser uma mala...tá, uma mochila já serve. Pra viagem de ida, a figurino é pra ninguém notar: camiseta branca e jeans. Óculos escuros que não quero trocar olhares até desembarcar no destino esperado.
Vai chegar lá e escolher a melhor peça. Vai desarrumar os conjuntos de modo que ninguém mais se entenda. Vermelho com preto, verde com branco, azul com rosa, renda com algodão, lady fatal com acabei de acordar. Combinar é para os fracos.
Vai se olhar no espelho uma penca de vezes, mexericar na lãmpada até que a luz não deixe a mostra as coisas que você não quer que el veja.
Via escolher a música certa. Nada piegas nem trilha sonora barata de boate de quinta. Talvez algo divertido. Tá bom que não era pra ser divertido, era pra ser sexy. Mas você não agüenta vê-lo feliz sem sorrir. Pronto, vai ser divertido. Ele merece que seja.

E quando tudo silenciar, a música, o nervoso,a boca, a noite...olha nos olhos e percebe:nunca ficou tão nua na vida.

Um comentário:

Tati Py disse...

Que bom que tu voltou a escrever no blog, garota. Amo tuas histórias...