quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Não gosto...e daí?

Eu quase tomei uma facada esse dias. Tudo porque um amigo meu ficou louco quando eu disse que não gostava do Radiohead. E eu não gosto mesmo! Odeio essa mania que algumas criaturas têm de achar que a gente não é normal se não gosta ou gosta de tal e tal coisa. Não curto Radiohead. Já escutei vários discos da banda, mas não quero repeteco. Não me toca, não me faz sorrir nem chorar. Tá lá e felicidade pra eles. Respeito, mas não curto.
Outro que não chega perto do meu som é o João Gilberto. Tenho amigos que acham genial, eu acho chatonildo de primeira grandeza. Tem a sua importância? Tem, sim senhor. Mas na minha sala ele não toca por nada. A não ser que eu esteja sádica e afim de me irritar. Não gosto.E pronto.
Engenheiros do Hawai. Tenho um vinil dele, mas é mero objeto decoratico. Não gosto. O Gessinger é uma simpatia, escreveu um livro infantil sobre o Grêmio que é lindo, mas eu não gosto da banda dele. Não vou atirar ovo quando eles passarem perto. Mas também não vou gritar nem catar papelzinho pra pedir autógrafo.

Temos a liberdade de gostar ou não de uma banda, de uma pessoa ou de seja lá o que for. Amigos queridos, me deixem levar a vida em paz e sem Radiohead na vitrola. Prometo nunca mais incomodar vocês. Contanto que não me venham com a história de que não gostam de Bob Dylan. Sinto informar, mas vocês são malucos. Alguém me empresta uma faca?

Bjus da Bia

4 comentários:

Ana B. disse...

eu não gosto de radiohead, acho o joão gilberto chatérrimo e de-tes-to o dylan.
quer a faca ainda???

- disse...

e eu amo o chiquinho \õ/
a maria rita tb
q muitos ousam compara-la com a mãe, que diga-se de passagem tem estilo musical com.ple.ta.men.te diferente!
vão estudar mpb e depois venham chama-la de maria 'irrita', pq sim, gente desinformada irrita!
e a faca tb serve . viva jhonny deep em Do Inferno
:D


bjoo
flaH

Danni disse...

biaaa, adorei a finalização do teu texto, hehehe :)

eu gosto de dylan, mas nao sou fanatica cm tu e no resto concordo em genero, numero e grau, sem o album dos engenheiros, q eu nao tenho! hehehehe

outra coisa q nao gosto e quase me matam qdo eu digo isso é legiao urbana... meu, eu respeito, acho q realmente foi uma grande banda, mas EU NAO GOSTO!

hahahahahaha

adoro ler teu blog, bia! :)
beijocas da tatuada ;)

JAMES PIZARRO disse...

O grande lance neste planeta é saber conviver com as diferenças.
Tem gente que acha normal e correto apenas o seu gosto...Mas onde existe o conceito de melhor, de normal ? Na biologia, na Medicina, no Comportamento Humano, na Psiquiatria,etc...até hoje eles têm dificuldades de definir o que é normal.O que é o certo. O errado.
Como dizia o vô Fredolino, queera carpinteiro da Viação Férrea : "gosto é gosto, dizia uma véia que comia ranho".
Que sabedoria...rssss
beijo

James Bond+