segunda-feira, 14 de julho de 2008

Um poema...

...escrito ao som de Badfinger!!! Curtam!

Riscando o rastro

Não precisava dar-se ao trabalho
de impregnar os quadros da casa
com teu olhar pedinte
quase tristonho.
Eu ia lembrar de te escrever sempre.

Por que perdeu tempo
pendurando bilhetes no varal
cheios de recomendações?
Eu sei a hora certa das coisas

Deixou tuas histórias
bem à vista
exibidas no meio do jardim.
Como se eu já não as soubesse de cor...

É por isso que sempre cuido
pra ter minhas pistas
grudadas ao corpo.
Quem quiser, que venha pegar.

by Bianca Zasso

3 comentários:

Fabricio Fortes disse...

ácido e dilicado..
gostei bastante!

Aninha Bitten disse...

eeee, q bom que voltou!!!

Aninha Bitten disse...

nega, "copeia" e cola por aí...

http://www.fenaj.org.br/diploma/FENAJ%20Flyer%20Eletr%F4nico%20Campanha%20Diploma.jpg